Welcome


OS POEMAS SÃO PÁSSAROS



OS POEMAS SÃO PÁSSAROS

QUE CHEGAM, NÃO SE SABE DE ONDE,

E POUSAM NO LIVRO QUE LÊS.


QUANDO FECHAS O LIVRO,

ELES ALÇAM VÔO COMO DE UM ALÇAPÃO.


ELES NÃO TÊM POUSO NEM

PORTO.

ALIMENTAM-SE UM INSTANTE

EM CADA PAR DE MÃOS E PARTEM.


E OLHAS, ENTÃO, ESTAS TUAS MÃOS VAZIAS

NA MARAVILHA DO ESPANTO DE SABERES

QUE O ALIMENTO DELES JÁ ESTAVA

EM TI...

(Mário Quintana)



SEJAM BEM-VINDOS AO CELEIRO LITERÁRIO!!!



VISITEM, TAMBÉM, MEU CANAL NO YouTubeMarta7304





CELEIRO LITERÁRIO

sábado, 24 de setembro de 2011

CRISTIANE GRANDO (Escritora e poeta) Laureada UNESCO-Aschberg de Literatura 2002.




FLUXUS

Cristiane Grando(Traducción Leo Lobos)
I
¿piensas
que estoy hecha
de carne, huesos, sangre?
no
soy viento, lluvia, fuego, nada


II
a veces
es bueno sentir hambre
para solo después morir
de nostalgia


III
mi último poema
insoportable la perfección del goce


IV
sangre
veo solamente sangre
y lluvia


V
¿para qué la introspección?
¿para qué ver en lo oscuro?


VI
me ama mas no me mira
con la profundidad
de los ojos que no ven


VII
siento la falta de sus manos
es como si en el mundo
ya no existiera
un padre
ni un dios


VIII
escribir puede ser un acto de amor
pero también el suicidio
de las palabras


IX
alguien canta a lo lejos
alguien canta en mis oídos sordos


X
náuseas
yo que estoy casi muerta
de la vida y del silencio


XI
escribo para ser
porque estoy
y aún corre
el rojo de la vida



XII

escribo en un flujo dinámico de estrellas
en el casi-oscuro del cuarto
para no ver las letras
para ver solamente para ver
la perfección


XIII
infernal el calor del cuerpo sudando bajo las ropas


XIV
sé de la angustia de Virginia Woolf
y de las hormonas de la mujer
que explotan como volcanes


XV
tengo miedo de los terremotos;
soy hija de estos movimientos que viven desde siempre
en mi paisaje


XVI
jamás escribí tanto a un solo tiempo
tal vez esté lista para el mensaje cifrado;
mañana comprenderé las frustraciones de hoy
como tú, Carlos,
comprendes
solamente en el ahora
tus palabras e hijos del pasado


XVII
que gracia, levedad y peso
cargan las palabras y los hijos
que han de llegar
un día
poeta-escultor-de-silencios-y-piedras
qué dulzura y amargo
soportan los fonemas y los versos


XVIII
la muerte y su doble vienen
seducciones y misterios
marmuertemar
la muerte viene
la muerte que habita en mí
la muerte y sus ecos


XIX
quería tanto ser hombre
y tal vez así
pudiese ser menos
muerte
abandono es mi nombre
mi ser gestado por el tiempo



XX
cicatrices en el rostro
mucho más que arrugas
cicatrices en la cara
en que el mundo golpea
y golpea y golpea
como el viento en las ventanas
de una casa abandonada



XXI
escribo
como si fuera un solo grito
en la noche oscura
escribo, escribo y escribo
energía oscura del multiverso
plurivérsase la noche
y anochece todavía más



 
 

HILDA HILST (Poeta, Dramaturga e Jornalista)

"Aflição de ser eu e não ser outra.
Aflição de não ser, amor, aquela
Que muitas filhas te deu, casou donzela
E à noite se prepara e se adivinha
Objeto de amor, atenta e bela.

Aflição de não ser a grande ilha
Que te retém e não te desespera.
(A noite como fera se avizinha)

Aflição de ser água em meio à terra
E ter a face conturbada e móvel.
E a um só tempo múltipla e imóvel
Não saber se se ausenta ou se te espera.
Aflição de te amar, se te comove.
E sendo água, amor, querer ser terra."

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

SOMEWHERE OVER THE RAINBOW (Israel Kamakawiwo'ole)


Em algum lugar além do arco-íris Israel Kamakawiwo'ole 
Em algum lugar além do arco-íris
Bem lá no alto
E os sonhos que você sonhou
Uma vez em um conto de ninar
Em algum lugar além do arco-íris
Pássaros azuis voam
E os sonhos que você sonhou
Sonhos realmente se tornam realidade

Algum dia eu vou desejar à uma estrela
Acordar onde as nuvens estão muito atrás de mim
Onde problemas derretem como balas de limão
Bem acima dos topos das chaminés é onde você me encontrará,
Em algum lugar além do arco-íris pássaros azuis voam
E o sonho que você desafiar, por que, porque eu não posso?

Bem, eu vejo árvores verdes e
Rosas vermelhas também
Eu as vejo florescer pra mim e pra você
E eu penso comigo mesmo
Que mundo maravilhoso

Bem eu vejo céus azuis e eu vejo nuvens brancas
E o brilho do dia
Eu gosto do escuro e eu penso comigo
Que mundo maravilhoso

As cores do arco-íris tão bonitas no céu
Também estão no rosto das pessoas que passam
Eu vejo amigos apertando as mãos
Dizendo, "como você está?"
Eles estão realmente dizendo eu... eu te amo!
Eu ouço bebês chorando e vejo eles crescerem,
Eles aprenderão muito mais
Do que nós sabemos
E eu penso comigo mesmo
Que mundo maravilhoso.

Algum dia eu vou desejar à uma estrela
Acordar onde as nuvens estão muito atrás de mim
Onde problemas derretem como balas de limão
Bem acima dos topos das chaminés é onde você me encontrará,
Em algum lugar além do arco-íris bem lá no alto
E o sonho que você desafiar, por que, porque eu não posso?

Ooooo oooooo oooooo
Ooooo oooooo oooooo
Ooooo oooooo oooooo
Ooooo oooooo oooooo
Ooooo oooooo oooooo
Ooooo oooooo oooooo


Ao longo da sua carreira musical, Israel Iz debateu-se com muitos problemas de saúde relacionados com o seu peso excessivo chegando a pesar 343 kg, num corpo com 1,88 m. Em 1997, com 38 anos, faleceu devido a problemas respiratórios causados pela obesidade mórbida.
Suas principais músicas foram "Somewhere over the Rainbow" e "What a Wonderful World".

Mais de 10.000 pessoas compareceram ao seu funeral em 10 de julho de 1997, o caixão de madeira estava no edifício do Capitólio, em Honolulu. Ele foi a terceira pessoa na história do Havaí a conceder esta honra (os outros dois foram o senador Faísca Matsunaga eo governador John A. Burns) Suas cinzas foram espalhadas pelo Oceano Pacífico em M'kua Praia em 12 de julho de 1997.

Em 2001 foi lançado Alone in IZ World, um álbum póstumo contendo vários sucessos e temas inéditos, relançado em 2010, com o mesmo sucesso e que viria ser muito popular e usado em anúncios publicitários, em vários países como a Alemanha, iniciativas de caridade nos Países Baixos, muitas são as formas e instituições que têm utilizado a famosa música "Over the rainbow".


Fonte:Wikipédia, a enciclopédia livre.

Índice

[esconder]

WHAT A WONDERFUL WORLD (LOUIS ARMSTRONG)



Que Mundo Maravilhoso


Eu vejo as árvores verdes, rosas vermelhas também
Eu as vejo florescer para mim e você
E eu penso comigo... que mundo maravilhoso

Eu vejo os céus tão azuis e as nuvens tão brancas
O brilho abençoado do dia, e a escuridão sagrada da noite
E eu penso comigo... que mundo maravilhoso

As cores do arco-íris, tão bonitas no céu
Estão também nos rostos das pessoas que se vão
Vejo amigos apertando as mãos, dizendo: "como você vai?"
Eles realmente dizem: "eu te amo!"

Eu ouço bebês chorando, eu os vejo crescer
Eles aprenderão muito mais que eu jamais saberei
E eu penso comigo... que mundo maravilhoso

Sim, eu penso comigo... que mundo maravilhoso






domingo, 11 de setembro de 2011

UNFORGETABLE (Nat King Cole and Natalie Cole)



Unforgettable (with Nat King Cole)

Unforgettable, that's what you are
Unforgettable, though near or far
Like a song of love that clings to me
How the thought of you does things to me
Never before has someone been more
Unforgettable in every way
And forevermore (and forevermore)
That's how you'll stay (that's how you'll stay)
That's why darling, it's incredible
That someone so unforgettable
Thinks that I am unforgettable too

(Musical interlude)

No, never before has someone been more
Ooh unforgettable (unforgettable)
In every way (in every way)
And forevermore (and forevermore)
That's how you'll stay (that's how you'll stay)
That's why darling it's incredible
That someone so unforgettable
Thinks that I am unforgettable too.

Inesquecível
Inesquecível, isso é o que você é
Inesquecível, entretanto próximo ou longe
Como uma canção de amor que gruda em mim
Como o pensamento das coisas que você me faz
Nunca antes será alguém a mais
Inesquecível em todos os sentidos
E sempre (e sempre)
Isso é como você ficará (isso é como você ficará)
Isso é por que meu bem, é incrível
Que alguém tão inesquecível
Pense que eu também seja inesquecível.

Trecho Musical

Não, nunca antes será alguém a mais
Ooh inesquecível (inesquecível)
Em todos os sentidos (em todos os sentidos)
E sempre (e sempre)
Isso é como você ficará (isso é como você ficará)
Isso é por que meu bem, é incrível
Que alguém tão inesquecível
Pense que eu também seja inesquecível.



sábado, 3 de setembro de 2011

SOBRE O AMOR, ROSAS E ESPINHOS (Padre Fábio de Melo

 

SE EU NÃO TE AMASSE TANTO ASSIM (Herbert Vianna e Paulo Sergio Valle) Interpretação Ivete Sangalo


Meu coração
Sem direção
Voando só por voar
Sem saber onde chegar
Sonhando em te encontrar
E as estrelas
Que hoje eu descobri
No seu olhar
As estrelas vão me guiar
Se eu não te amasse tanto assim
Talvez perdesse os sonhos
Dentro de mim
E vivesse na escuridão 
 
Se eu não te amasse tanto assim
Talvez não visse flores
Por onde eu vim
Dentro do meu coração 
 

 Hoje eu sei
Ah eu te amei
No vento de um temporal
Mas fui mais
Muito além
Do tempo do vendaval

Nos desejos
Num beijo
Que eu jamais provei igual
E as estrelas dão um sinal

Se eu não te amasse tanto assim
Talvez perdesse os sonhos
Dentro de mim
E vivesse na escuridão
 
 
Se eu não te amasse tanto assim
Talvez não visse flores
Por onde eu vim
Dentro do meu coração 
   


Total de visualizações de página